terça-feira, 8 de junho de 2010

O amigo fiel

Eu desde pequena fui muito determinada e já sabia o que eu queria para minha vida. Porém quando brincava nas belas brincadeiras de criança, eu e minha amiga Fátima nós sonhávamos muito. E eu dizia a ela, que queria algo a mais para a minha vida, além daquela cidade pequena do interior.
E o tempo se encarregou de me dar várias oportunidades, é claro que lutei por cada uma delas, mas de todas a importante foi à promessa que fizemos uma a outra. Juramos que seriamos amigas para sempre.
Cada uma de nós tomou caminhos diferentes, ela foi estudar em outra cidade e acabou conhecendo uma pessoa e casou muito cedo. Eu me encaminhei para esta grande cidade que é o Rio de Janeiro, que a tomei como minha. E comecei a escalar os meus sonhos.
Os anos passaram e sempre trocávamos cartas e assim nunca perdíamos o contato.
Até que ela voltou a morar na nossa cidade aonde brincávamos quando criança e todas as vezes que eu voltava lá era como se o tempo tivesse parado. Nossos papos eram intermináveis. Sempre trocávamos experiências.
Adorei quando ela retomou seus estudos, se tornando hoje uma educadora renomada e uma escritora inibida, escreve lindos poemas, tem alma de escritora, mas o tempo não lhe permite a publicar os seus livros.
Queria deixar um relato que eu acho interessante, todo o ano volta lá na minha cidade e quando ela sabe que eu cheguei, ela larga tudo e vem ao meu encontro. Seus olhos brilham e eu vejo que ela realmente tem por mim uma amizade com muito amor.
É tão bom! Ela tem sempre uma novidade para me contar, uma palavra boa, está sempre alegre e mesmo que o mundo esteja desabando na sua cabeça quando nos encontramos ela fica feliz. Digo isso porque já aconteceu, quando cheguei lá ela estava com um problema na família, mas nem por isso diminuiu a sua atenção comigo.
Na verdade o que eu quero destacar aqui é o valor de uma amizade do amigo fiel.
O quanto eu aprecio esta nossa amizade talvez ela mesma não tenha em mente o tamanho deste valor, até porque não dá para valorar.
"Mesmo que as pessoas mudem e suas vidas se reorganizem, os amigos devem ser amigos para sempre, mesmo que não tenham nada em comum, somente compartilhar as mesmas recordações."
Vinícius de Moraes
Eu concordo com o nosso grande mestre, um amigo é algo precioso demais e para mim esta nossa amizade é algo enriquecedor. Todas as vezes que fico em apuro penso logo nela e creio que é recíproco.
Ela é como uma irmã, isto é, porque nossa confiança é mútua. Guardamos segredos e queremos sempre o melhor uma da outra. Não existe competição, somos abertas as críticas e aceitamos quando estamos erradas.
Desejo que cada um tenha seu amigo fiel, que nem mesmo a distância é capaz de mudar este sentimento.