terça-feira, 27 de abril de 2010

A fragilidade da vida

Agora quero olhar o futuro e como rosas perfumadas quero sentir o cheiro da vida novamente.
Um grande beijo a todos!!

Lucimar