quinta-feira, 14 de maio de 2009

O casamento


Durante uma vida tendemos a imaginar que viver a dois é algo maravilhoso. Eu até concordo que seja, só que não estamos preparados para as mudanças de atitudes e de comportamentos que essa nova vida vai trilhar.

O casamento em si é algo maravilhoso, só que necessita de um exercício diário de renovação, isto porque nem sempre estamos dispostos a permitir que a nossa vida seja invadida. Na verdade é o que acontece quando casamos, um dia estávamos sozinhos no outro já estamos dividindo tudo com outra pessoa.

É claro que quando falamos da outra pessoa, falamos da pessoa amada, da alma gêmea, da realização do sonho, mas não podemos esquecer que esta pessoa que está inserida nesta nova vida, ela tem identidade própria.Desta forma entendemos que é com esta identidade que nós reconhecemos as nossas atitudes em relação ao nosso caráter. Portanto muito do sucesso da nossa vida a dois depende disso.

No casamento deve haver compreensão nas reações um do outro, não devemos querer moldar a outra pessoa, exigindo que ele tenha as mesmas atitudes. O que percebo é que cada vez mais neste mundo globalizado, a sociedade vai ganhando novos contornos e se encaminhando em direção ao puro egoísmo.

O individualismo acaba sendo o caminho para o afastamento de muitos casais. Tornando a eles a difícil compreensão destes fatores. Ao logo dos tempos tem se observado os comportamentos com grandes mudanças. O que é lamentável, pois um grande número de casamento acabam em divórcio.

O casamento ele não tem uma receita para uma eterna felicidade, mas existe algo precioso, que é a busca do ponto de equilíbrio. Partindo do comprometimento da compreensão, do respeito e do amor. Concluí-se que para completar, devemos amar a Deus, pois é ele que nós dar o equilíbrio necessário para a família.